terça-feira, 24 de março de 2015

DESAFIO

Vou pedir a vossa colaboração para um desafio.

Das fotos aqui expostas, escolham as cinco que , segundo a vossa opinião, melhor mostrariam a minha personalidade no caso de terem de falar de mim a uma pessoa .

Desde já, caloroso e grato abraço ! :)


Como podem ver a votação foi bem interessante. 

Sem surpresa , a foto mais escolhida foi a III, com as malas, pois viajar é uma actividade que me fascina.

A que só teve um único voto foi a XIV e , no entanto, liga-se a duas paixões maiores da minha vida : a leitura e a História.

A  foto I é Maat a deusa da Justiça egípcia, que rege a minha vida...mas pelos vistos, não transparece muito.

A foto VII tem pedras , porque a par da madeira é um material que muitissimo me agrada.

Renovo o meu abraço de agradecimento .

BEM HAJAM!



I
( 6 votos)



II
( 17  votos)


III
(20 votos)


IV
(10 votos)

V
(7 votos)


VI
(5 votos)


VII
(2 votos)


VIII
(8 votos)


IX
(10 votos)

X
(5 votos)


XI
(4 votos)


XII
( 6 votos)


XIII
( 13 votos)

XIV
( 1 voto)

 XV
( 5 votos)

domingo, 22 de março de 2015

MONTSÉGUR




22 de Março de 1244 é uma data trágica. Em todos os sentidos.

Acabou aqui  a liberdade religiosa: o Papado esmagou através de uma brutalidade desenfreada  os cristãos Cátaros. 

Pelo caminho, o rei francês apoderou-se do Languedoque .

Os cátaros refugiados no castelo de Montségur foram tão só queimados vivos na planície sob as suas muralhas nesta data fatídica.

Assim findava a parte mais bélica da Cruzada(a primeira de cristãos contra cristãos na Europa) que começara com a infame chacina de todas as pessoas que tiveram a infelicidade de estar em Béziers em Julho de 1209.

Setecentos e setenta e um anos depois, ainda ecoam os gritos e prantos das vítimas sob as espadas, os cavalos e a inaudita crueldade da Hoste lançada pelo Papa Inocêncio  III em 1208.

Aqui nasceu a hedionda  Inquisição, que ainda hoje perdura - pese embora  com outra designação e não queimando as pessoas fisicamente.

"Esta cultura, la de Languedoc, fue masacrada por Simón de Monfort, responsable militar de la cruzada, y por Arnaud-Amaury, director espiritual de la misma, ejecutores de esta oleada de crímenes sin precedentes, hasta entonces, en la historia de Europa."

Paz para as vítimas! Justiça para os criminosos!

quinta-feira, 19 de março de 2015

sexta-feira, 6 de março de 2015

A PEDRO PASSOS COELHO

 Pedro:

A mensagem é breve, porque  tudo quanto lhe quero dizer se resume  a umas curtas frases. E porque não perco tempo com criaturas miseráveis.

Como consegue  aliar tanta desfaçatez   e tanta hipocrisia?

Volto a sugerir-lhe , como o fiz já no seu facebook, que se trate com um médico pois essa sua vida de mentiras e de falta de respeito pelo povo português é patológica.

Agora, para cúmulo, encena  vitimizações , mistura a sua família nesta estória  vergonhosa e mal contada das fraudes fiscais e dívidas de impostos,  utiliza politicamente a inqualificável prisão de Sócrates...

Nunca o seu governo teve política externa e se tem limitado a seguir caninamente em tudo a Alemanha, prestando-se  até Maria Luís Albuquerque a desempenhar o humilhante papel de foca amestrada sob a batuta de Schauble, e o único assomo que tem nessa área é arreganhar os dentes à Grécia - e por maus e exclusivos motivos eleitorais internos  .

Logo à Grécia, cuja dignidade e sentido de Estado é infinitamente maior do que o seu  e de todo o bando que o apoia, reformado de Boliqueime incluído.


Tenha  um pingo de vergonha e explique a um povo sobre quem deliberadamente fez cair em cima todos os males e um brutal aumento de impostos  as zonas tão escuras da Tecnoforma,  das empresas onde parece que trabalhou e as fugas e respectivas desculpas esfarrapadas .

segunda-feira, 2 de março de 2015

PORTUGAL : MONSARAZ

Monsaraz é uma povoação medieval e situa-se naquilo que era o Alentejo profundo, com  vegetação e paisagem típicas  da região. 

Com a construção da barragem de Alqueva, simplesmente o maior lago artificial da Europa, o panorama alterou-se de maneira significativa.

Para quem nunca esteve antes aqui, não faz diferença, mas para mim , que a descobri há mais de quatro décadas e ainda arruinada, o choque de ver  tudo sob um vasto e inútil manto de água é brutal !|

Actualmente, Monsaraz recuperou as casas e está preparada para o turismo, tem vários restaurantes e hotéis,  o antigo Tribunal , a Igreja e o castelo estão abertos ao público ...e ainda bem.

Quando a visitei pela primeira vez, não consegui entrar no templo, das  ruas só a principal tinha os edifícios em condições e para ver o fresco do Bom e do Mau Juiz tive que andar à procura da senhora que tinha a chave.

Espero que apreciem a beleza de Monsaraz!