terça-feira, 29 de dezembro de 2015

A MEU PAI

Hoje é o dia do seu aniversário, Pai!

Infelizmente , há muitos anos que não o podemos festejar juntos, mas onde quer que esteja , receba o meu abraço de parabéns  com muito carinho e uma saudade sempre em crescendo.


Aqui vai a sua prenda de anos: imagens dos Açores!












domingo, 20 de dezembro de 2015

NATAL, FESTA DAS CRIANÇAS !
















O Natal é  a celebração da  esperança sempre presente na vinda-à-Terra de uma criança e por isso é a festa por excelência de quem ainda se encontra nessa idade de inocência, em que  todo o mundo está aberto e à disposição e onde todos os sonhos são possíveis.

Deploravelmente,  nos tempos de hoje é  cada vez maior o número de crianças a quem é roubada a hipótese de viver a infância em paz , porque aos Senhores do Mundo só a concretização dos seus interesses importa, nem que para isso esmaguem  a vida de milhões de seres humanos.

Para todas as crianças do Mundo e também para quem me lê, os meus sinceros votos de um Natal de paz e de um 2016  muitissimo melhor do que 2015!


sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

ELEIÇÕES FRANCESAS

Felizmente , a França afastou Marine Le Pen do Poder à segunda volta das eleições regionais, provocando-lhe um discurso acusatório e indignado com aquilo que designou por acusações injustas e difamatórias além de instigação do medo por parte , principalmente de Valls , Primeiro-Ministro.


O PS francês tem sido uma desilusão e muito contribuiu para a actual situação política, fazendo o que devia ao desistir em duas regiões  a favor do Partido de Sarkozy, que  se está preparando para regressar à Presidência ou me engano muito.

Receio , porém,  a decisão do povo francês nas presidenciais, onde Marine está bem posicionada a nível de intenção de votos. Especialmente se houver mais atentados  e /ou se a França der estatuto de privilégio ( como já li que se pretende fazer em Portugal) aos refugiados.

Temos que esperar para ver.

domingo, 13 de dezembro de 2015

CITAÇÃO - HARAKI MURAKAMI

" Não existe nenhuma guerra que acabe com todas as guerras!"

Haraki Murakami 

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

sábado, 5 de dezembro de 2015

DIA INTERNACIONAL DO ALIENIGENA


A História não é , não pode ser, a linha recta e sem interrupções que nos ensinam.

Historiadores  existem na actualidade a defender a intervenção de seres vindos de outros planetas no desenvolvimento da Humanidade.

Não tenho pejo em aceitar a teoria, porque me faz muito mais sentido do que as explicações totalmente estúpidas e sem  ponta de razoabilidade dadas para a construção  das pirâmides do Egipto, das construções megalíticas de Malta e não só, da cidade de Machu Pichu , dos alinhamentos astrológicos  em todo o planeta, das linhas e desenhos de Nazca, do calendário Maia.

Além disso,  várias ossadas têm sido descobertas com características diferentes das dos seres humanos e se lermos com atenção e à luz dos nossos conhecimentos os livros sagrados das actuais religiões, convenhamos que, por exemplo, o peixe em que Jonas passou três dias no seu interior tem toda a hipótese de ser um submarino.

Provavelmente, uma raça de seres mais inteligentes e com maiores conhecimentos viveu no planeta e acabou por algum motivo por desaparecer, deixando atrás de si provas irrefutáveis da sua presença.

Só não percebo a razão da recusa de se aceitar tais factos com toda a naturalidade. Até porque é completamente insensato crer ser a Terra o único corpo celeste a possuir uma forma de vida inteligente.

Agradeço desde já a vossa opinião sobre este tema.























quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

CITAÇÃO - JORGE SAMPAIO

"É verdade, estamos a assistir ao ressurgimento da ameaça terrorista.

Os inomináveis e bárbaros ataques em França e no Líbano, a explosão do avião russo, os atentados em Bamako e no norte da Nigéria, e em tantas outras zonas do mundo em que o dia a dia de populações inteiras tem sido marcado pelo terror, a  violência e a destruição não nos podem deixar de interpelar.

Entendo que o extremismo, o fanatismo, a violência armada organizada e o terrorismo, sob todas as suas formas, têm de ser combatidos nos vários planos  e dimensões que encerram.

Este é um desafio de grande complexidade que não pode ser nem mais ignorado nem adiado, até porque está hoje claro que a inacção não é só negligência,mas redunda em cumplicidade."


                         Jorge Sampaio
                      ("Visão",11/2015)