terça-feira, 29 de agosto de 2017

PARE (Padre) Joan Manuel Serrat




Será isto o que realmente queremos para o planeta e para nós?!

Recuso-me a acreditar em tal !!


quinta-feira, 17 de agosto de 2017

BARCELONA

Barcelona, minha cidade-paixão, sofreu hoje um ataque directo e violento em pleno coração.

Les Rambles ( tanta vez as percorri deliciando-me  com  a sua vibração, a sua vida , a sua cor, onde tudo é possível - até dois homens nus subindo calmamente para a Praça da Catalunha, sem ninguém se escandalizar ou os insultar) foi vítima de um atentado terrorista à la mode : uma carrinha avançou em velocidade e ziguezagues matando treze pessoas e ferindo mais de cem.

A tristeza cobre-a e a mim também.

Paz para quem partiu ! Solidariedade para quem ficou e sofre!

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

MATANÇA DE BADAJOZ

A 14 de Agosto de 1936 a coluna militar comandada pelo franquista Juan Y. Blanco  toma Badajoz, no contexto da Guerra Civil Espanhola.

Foi o culminar da sua vinda desde Sevilha, deixando atrás de si um doloroso rasto de assassínios, saques e devastação.

Imediatamente após a entrada na cidade, as tropas revoltosas da facção de Franco começaram um massacre brutal e sem tréguas da população civil.

O cemitério, as ruas  e a praça de touros ficaram  a transbordar  de cadáveres.

O jornalista Mário Neves, então com 24 anos  e correspondente do "Diário de Lisboa", escreveu em 17 de Agosto aquela que seria a sua derradeira crónica denunciando a  barbaridade do que estava  a ser feito na cidade da Estremadura e desmascarando também a falsa neutralidade portuguesa, pois a polícia devolvia os fugitivos - sabendo perfeitamente qual o seu destino .

A crónica não chegou a ser publicada, porque Salazar não o permitiu e o jornalista teve problemas sérios, como se imagina.

Pessoalmente, vi um documentário sobre este crime de guerra onde Mário Neves acedera  a regressar a Badajoz pela primeira vez  após muitas décadas e  ainda era bem patente  a sua emoção.

Sobre  esta coluna militar e os seus excessos recomendo vivamente a leitura de  "La Columna de la Muerte", de Francisco Espinosa, obra muito bem fundamentada na sua pesquisa histórica.

Como Vanessa Redgrave, "Eu não esqueço que o fascismo pode regressar".
               

                                  



quinta-feira, 10 de agosto de 2017

"JUSTIÇA " À PORTUGUESA

Estou escrevendo sob um choque brutal de incredulidade, raiva e revolta quanto a uma  sentença recente relativa a reiterada violação de uma menina pela BESTA que a adoptou.

A  criança foi adoptada e violada sistemáticamente, pelo que engravidou aos dez anos . A adoptante, mulher do violador, afirma  nunca se ter apercebido de nada e acabou por  autorizar  o aborto.

O caso foi parar ao Tribunal e todo o criminoso comportamento do adoptante ficou totalmente provado.

E agora, vem a sentença  perfeitamente inconcebível : a BESTA que julgou o caso , deixou o violador em liberdade!!!!!! 

ISTO É JUSTIÇA????!!!!
 

terça-feira, 1 de agosto de 2017

CITAÇÃO - LUCETTA SCARAFFIA

"Pierangelo Sequeri usou uma expressão muito significativa, <<época de charneira>>, para dizer que neste momento a sociedade impõe que a Igreja se repense totalmente e medite sobre si mesma, recordando que as mulheres existem, que não são só a parte numericamente maior dos religiosos e dos fiéis, como são parte constitutiva e específica da tradição cristã desde as origens."

Lucetta Scaraffia 
( "O Futuro Também é Feminino?")